Cérebro, todos temos um!

Updated: Jun 22, 2019


Foto: Pixabay

Hoje pretendo, numa abordagem simplificada, aflorar um tema complexo: o Cérebro. 

A Psico fisiologia é uma disciplina que estuda o comportamento humano e os processos fisiológicos que estão na base da sua organização. Quer isto dizer, em linguagem corrente que as características fisiológicas do nosso cérebro influenciam e estão na base da forma como nos comportamos, como sentimos, como pensamos...  Já ouvimos falar de neurónios, de sinapses e de neurotransmissores. Sabemos que as relações que estabelecem são responsáveis pela nossa saúde e equilíbrio.  As chamadas sinapses, resultam da relação neuronal,  que por sua vez geram e são potenciadas por neurotransmissores. É, sobretudo, sobre os últimos que recai agora a nossa atenção.  Um cérebro a funcionar em pleno é um excelente aliado na nossa qualidade de vida, nos nossos processos de desenvolvimento pessoal. É importante que as nossas rotinas diárias incluam actividades que estimulem a bioquímica do cérebro de modo a manter o equilíbrio necessário.


Passo a referir, alguns dos neurotransmissores, as acções que os estimulam e o seu efeito.  Aprender a ser positivo, a ver o lado bom das coisas estimula a produção de Serotonina, que tem um efeito sobre a redução dos maus hábitos e aumenta a capacidade de tomar decisões.


Foto: Pixabay

Apanhar sol, aumenta a produção de Melatonina, que ajuda a melhorar a qualidade do sono. 

As massagens e o exercício físico estimulam a Noradrenalina que tem um efeito na redução do stress e melhora a capacidade de pensar e ter foco.

Trocar afectos e abraçar carinhosamente aumenta a produção de Oxitocina, o que vai permitir melhorar a conexão com as outras pessoas, ajuda a aumentar os níveis de confiança e de sentimentos bons,  potencia o sentimento do amor. Concentrar-se na própria respiração, praticar meditação, comer castanhas, são hábitos que aumentam a produção de Gaba. Um neuro transmissor que ajuda a reduzir a ansiedade e promove o relaxamento, ajuda na visão. 

Foto: Ruslan Alekso em Pexels

A actividade sexual, comer chocolate (negro), rir, estar em contacto com a natureza, potência a produção de Endorfina, que ajuda a diminuir a sensação de dor, aumenta a sensação de felicidade e a diminui os estados depressivos.



Comemorar, manifestar gratidão, caminhar, fazer exercício físico, ajuda na produção de Dopamina, tão necessária na redução de ansiedade, ajuda a melhorar o ânimo, a energia e a motivação. Não é uma lista exaustiva. O importante é percebermos a importância de algumas actividades e a sua relação com a bioquímica do nosso cérebro.



Fica agora mais claro compreender que, quando um psicoterapeuta recomenda a um ansioso a prática de meditação ou de se concentrar na própria respiração, está a induzi-lo a estimular a produção de Gaba, que por sua vez vai promover o relaxamento do indivíduo em causa.

É fácil? Não. Mas é possível. Requer sobretudo treino. Determinação. Nesta e noutras dificuldades.



Evidentemente, esta é uma abordagem despretensiosa. Que me perdoem os especialistas na matéria. O meu objectivo é apenas tornar de leitura fácil o maravilhoso funcionamento do nosso cérebro para que possamos potênciar o nosso equilíbrio, aos mais variados níveis. 



Foto: Wix

Partilhe connosco as suas dúvidas, experiências e sugestões para futuros posts. Efetue Login para deixar o seu comentário.

Obrigada!


8 views

Related Posts

See All

Free Shipping

on orders over

30.00€

We believe in helping out Mother Nature, we reuse all of our packaging.

All products at

deRAIZ are 

Cruelty-Free

I n f o r m a t i on
Contacts

Email:

Tel:

Address

Ed. Marialva esc. nº7

3060-180 Cantanhede

Portugal

About Us

2018 by deRAIZ ©   Proudly created with Wix.com